• Como encontrar alojamento em Dublin

    Como encontrar alojamento em Dublin

    Se você está pensando em se mudar para dublin, ou chegou na cidade há pouco tempo, seja para trabalhar ou para estudar inglês, é importante saber que encontrar um alojamento ou uma moradia na cidade pode se tornar um pesadelo. Isso acontece porque nos últimos anos o se instaurou em Dublin, assim como em grande parte da Irlanda, uma crise de habitação, levando a uma grande concorrência por moradia e, por consequência, a um aumento nos preços.

    Então, você precisa estar ciente de que procurar por alojamento pode ser bastante trabalhoso, e que o preço pode ser bastante salgado. Por isso, vamos nos aprofundar no assunto, com uma série de informações e dicas que podem ser muito úteis para encontrar uma boa moradia.

     

     

    Como achar alojamento em Dublin se tornou tão difícil?

    Existem diversos fatores sociais e econômicos envolvidos na situação das habitações em Dublin. Em primeiro lugar, o país passa por uma série de mudanças econômicas, com uma grande quantidade de pessoas migrando do setor agrícola para a indústria e comércio. Assim, além de mudar de profissão, muitos irlandeses também estão se mudando, preenchendo as grandes cidades, Dublin em especial. Além disso, o país passou por uma grande crise na construção civil, o que leva a menos novas moradias disponíveis.

    Para se ter uma ideia, o preço médio do aluguel e o aumento entre 2017 e 2018 podem ser vistos na figura abaixo, para o condado de Dublin:

    Alojamento em Dublin

    Outro fator a se considerar é o grande número de estudantes que chegam em Dublin para estudar em escolas de inglês. Por causa deste movimento, Dublin é a capital com o maior número de jovens na Europa. Graças a isso, nos últimos três anos foram construídas diversos alojamentos estudantis.

     

     

    Onde buscar alojamento?

     

    Sem dúvida a página mais famosa para encontrar alojamento é www.daft.ie. Mas como há algumas centenas de anúncios, encontrar o lugar que você procura pode ser complicado.

    Outros sites interessantes que conectam land lords (como são chamados os donos das residências) e os inquilinos são:

     

     

    Nossas recomendações

    Não tente arranjar uma acomodação direto do Brasil. Você deve conseguir visitar os alojamentos pessoalmente porque, além de você, haverá outras 10 pessoas interessadas. Os inquilinos preferem assim fazer uma entrevista com os candidatos, para escolher o que melhor se encaixa na casa. E como há muitos candidatos, nenhum ninguém quer fazer a entrevista via Skype ou Whatsapp. Além disso, há muitos golpes aplicados a quem faz a reserva sem nenhuma garantia ou sem conhecer o lugar e as pessoas primeiro.

    Se há um número de telefone no anuncio, ligue! Sempre é melhor ligar do que mandar um e-mail. Grande parte dos e-mails enviados nunca são respondidos.

    Use redes sociais! Sua rede de conhecidos da escola e do trabalho pode te ajudar muito a achar um lugar para morar. Além disso, a todo momento há pessoas postando anúncios de vagas nas redes sociais (Whatsapp, Facebook, etc), que geralmente são vagas imediatas.

    Nunca pague com antecedência! É comum para entrar na vaga ter que pagar um depósito e o primeiro mês de aluguel. Mas nunca faça isso sem antes ter um contrato com o proprietário real ou com a imobiliária, por que pode ser uma cilada…

    Você pode confiar nas agências e imobiliárias! Elas também usam sites como o daft.com para divulgar suas vagas. Só tome cuidado para verificar a procedência e a existência das agências.

     

     

    Então, como encontro alojamento?

     

    Resumindo, se você ainda não chegou na Irlanda e está preocupado com alojamento, o melhor a fazer é reservar duas ou três semanas de hostel  ou bed and breakfast (b&b). É a melhor maneira de arranjar uma pousada confiável e temporária, que vai lhe permitir procurar por um lugar permanente com calma, visitando as opções. Além disso, há várias opções no centro de Dublin, sendo que os preços mais em conta são para alojamentos mistos de 15 a 18 pessoas. Os preços no verão geralmente sobem, mas ainda assim é a opção mais barata.

    Se você não quer ficar em um hostel, pode arranjar um lugar com uma agência ou em uma casa de família. Recomendamos a agência  ISAI Agency Ireland, que possui diversos apartamentos no centro de Dublin. Você vai dividir um quarto com uma ou duas pessoas e, no final, o preço pode parecido com de um hostel. Já as casas de família são geralmente longe do centro, mas uma ótima forma de ter contato com a cultura do país e praticar o seu inglês.

     

     

    Vocabulário útil

    Alguns termos são muito úteis na hora de achar um lugar para morar, seja permanente ou provisório. Vamos lá:

    • Landlord: é como se chama o proprietário da residência
    • Deposit: é um valor caução, que você paga quando assina um contrato de aluguel e recebe de volta quando sai do lugar.
    • Homestay: é como se fala quando você fica em uma casa de família.
    • Accomodation: é um alojamento no geral, sendo hostel, casa de família, apartamento ou quarto.
    • Furnished: é uma acomodação completamente mobiliada.
    • Flat: é o mesmo que apartment, apartamento.
    • Studio: é um apartamento para um só casal, ou uma só pessoa. 
    • Housekeeping: é o serviço de limpeza da casa.
    • Utilities: são as utilidades básicas – água, luz, aquecimento.

     

    Então, desejamos muito boa sorte na sua busca! Good luck!

    It's only fair to share...Share on Facebook
    Facebook
    Tweet about this on Twitter
    Twitter
    Share on Google+
    Google+
    Share on LinkedIn
    Linkedin

    Comments are closed.